Antonio Bento

Antonio Bento de Araújo Lima
Araruna-PB, 1902 – Rio de Janeiro-RJ,1988.

Jornalista, escritor e crítico de arte. Entre 1926-27 residiu em São Paulo, onde se iniciou no jornalismo como crítico musical do Diário de São Paulo e auxiliou Mário de Andrade em pesquisas folclóricas. No Rio de Janeiro, em 1930, foi um dos fundadores do jornal Diário de Notícias e, a partir de então, passou a se interessar por artes visuais, tornando-se amigo de Vicente do Rego Monteiro, Ismael Nery,  Cândido Portinari, Emiliano Di Cavalcanti e outros artistas. No Diário Carioca manteve uma pioneira coluna de arte (1945-65), transferindo-se após o fechamento desse jornal para o Última Hora (1966-1970). Em 1949 participou em Paris, a convite da UNESCO, doCongresso Internacional de Críticos de Arte do qual se originaria a AICA, e seria um dos fundadores da Associação Brasileira de Críticos de Arte-ABCA. Teve grande importância no cenário cultural do país a partir dos anos 1940. Publicou Manet no Brasil (1953), Portinari (1972 e 1980), Ismael Nery (1973) e Milton Dacosta (1980). Diretor do Teatro Municipal do Rio de Janeiro (1960-1962), co-fundador do Museu de Arte Moderna (Rio de Janeiro), presidente da ABCA (1970-1972 e 1972-1974) e era, ao falecer, seu Presidente de Honra.

fonte: [http://www.abca.art.br]

Buscar outros artistas

Log in with your credentials

Forgot your details?