img097
Tirinhas de Maria

Henrique Magalhães

Henrique Paiva de Magalhães
João Pessoa-PB, 1957. Vive e trabalha em João Pessoa.

Quadrinhista e professor (Decom/UFPB). Graduação em Comunicação Social (UFPB, 1983), mestrado, com a dissertação Os fanzines de histórias em quadrinhos: o espaço crítico dos quadrinhos brasileiros(ECA/USP, 1990), doutorado em Sociologia, com a tese Fanzines de Bande Dessinée: rénovation culturelle et presse alternative(Universidade Paris VII, Paris/França, 1996). Em 1975 criou a personagem de HQ, Maria, publicada durante vários anos em tiras diárias nos jornais paraibanos e em semanários portugueses, além de várias revistas e livros. Atualmente, dirige a editora independenteMarca de Fantasia, lançando álbuns, fanzines, revistas e livros sobre HQ e cultura pop. É autor dos ensaios O que é fanzine (Editora Brasiliense, 1993), e pela Marca de Fantasia, O Rebuliço apaixonante dos fanzines (2003), A nova onda dos fanzines (2004), A Mutação radical dos fanzines (2005), e Humor em pílulas: a força criativa das tiras brasileiras (2006), além dos álbuns Maria: a maior das subversões (1984), Maria: olhai os lírios no campo (1998), Maria: espirituosa há 30 anos (2005) e Rendez-Vous (2005). Traduziu e editou História em quadrinhos: essa desconhecida arte popular [Thierry Groensteen] (2004). Criou e dirige a Gibiteca Henfil, em João Pessoa, voltada para os quadrinhos e publicações independentes.

fonte: [informações do artista]

O que é fanzine (Editora Brasiliense, 1993); Marca de Fantasia, O Rebuliço apaixonante dos fanzines (2003); A nova onda dos fanzines (2004);  A Mutação radical dos fanzines (2005), e Humor em pílulas: a força criativa das tiras brasileiras (2006); Maria: a maior das subversões (1984); Maria: olhai os lírios no campo (1998), Maria: espirituosa há 30 anos (2005) e Rendez-Vous (2005)

História em quadrinhos: essa desconhecida arte popular [Thierry Groensteen] (2004)

Buscar outros artistas

Log in with your credentials

Forgot your details?