img156
Foto de Rodolfo Athayde, 2003
img157

Da série Fronteiras, têmpera, terra e pigmentos naturais, 80x80cm, 2004

img158

S/T, têmpera sobre tela, 120x100cm, 1992. Acervo UFPB

Marlene Almeida

Marlene Costa de Almeida
Bananeiras-PB, 1942. Vive e trabalha em João Pessoa.

Artista visual e restauradora. Graduação em Filosofia (UFPB); cursos de Pintura, desenho e escultura (Coex/UFPB). Desenvolve pesquisa sobre a manufatura de tintas à base de pigmentos e resinas naturais. Em paralelo à produção artística, preside a Associação dos Artistas Plásticos Profissionais da Paraíba (1981-1983). Ministra cursos sobre pigmentos e resinas naturais (Festival Nacional das Mulheres nas Artes; Festival de Verão de Petrópolis; MAM Rio). Em 1994, fundou o Centro de Artes Visuais Tambiá-CAVT, para desenvolver atividades de ensino de artes e intercâmbio com outros países. Exp. ind.: Galeria Tomás Santa Rosa (Funcep, João Pessoa, 1979); Terra(Decom/UFPB, 1983); Da esperança a ser reinventada (Galeria Gamela, 1983); Fruto da terra (Escolinha de Arte do Recife; Galeria Gamela, João Pessoa, 1984); Museu de Arte da Bahia (Salvador, 1985); A cor da terra (Fundação Cultural, Brasília, 1986); Galeria Ars Artis (São Paulo, 1987); Museu da Universidade do Pará (Belém, 1987); Paço das Artes (São Paulo, 1987); Paisagem para Schenberg(Galeria Gamela, 1990); Corpus Terrae (NAC/UFPB; Galeria Unter dem Wasserturm, Alemanha, 1997); Passatempo (Centro Cultural São Francisco, 1999); Brasilien in Barsikow (Galerie Barsikow, Bradenburgo/Alemanha, 2000); Zeit vergeht (ICBRA, Berlim, 2000);Passatempo (Valu Oria Galeria de Arte, São Paulo, 2000). Exp. col.: O artista da terra (Colégio Santa Rita, Areia-PB; MAAC, Campina Grande; NAC/UFPB; Casa de Cultura, Taperoá-PB, 1981); II Exposição Internacional de Art-Door (Recife, 1982); Salão Cabo Branco – Orla Marítima (Galeria Gamela, 1983); II Mostra Novos Artistas Paraibanos(Funesc, 1984); Ecologia, tradição e atualidade (Espaço Cultural Petrobras, Rio de Janeiro, 1985 e 1986); Por las liberdades de Latinoamerica e el Caribe (Taller de La Grafica Popular, Cidade do México/México, 1986); Artistas pela natureza (Casa de Cultura, Cuiabá-MS, 1986); I e II Arte atual paraibana (Funesc, 1988 e 1990); III Bienal de Havana (1989); Armadilhas Indígenas (Funarte Rio; MASP, São Paulo, 1990); Litogravuras (EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, 1990); II Exposição Internacional de Esculturas Efêmeras (Fundação Demócrito Rocha, Fortaleza, 1991); Cuba’91 (Centro Provincial de Artes Plásticas y Diseño, Havana, 1991); Workshop Brasil-Alemanha(Funesc; Centro de Convenções, Recife, 1991; Centro de Criatividade Curitibana; Paço Imperial, Rio de Janeiro; MAC/USP, 1992); Projeto Omane [Eco 92] (Galeria Athos Bulcão, Brasília, 1992); Viva Yanomamis vivos (Conjunto Nacional da Caixa, Brasília, 1992);Workshop Berlim-Paraíba (Funesc, 1992); Projeto Cumplicidades(Museu Amadeu Souza Cardoso, Amarante/ Portugal, 1994); Mostra Inaugural (CAVT, 1994); Terra Brasília (Galeria Rubem Valentim, Brasília, 1995); Mnemosyne-Sans-Souci (Dresden/Alemanha, 1995); Malerei mit Erdferben (Galerie Barsikow, Berlim, 1996);Organicus (Galerie Drei, Dresden, 1996); Erde/Earth/Terra (Galerie am Nikolai saal, Potsdam/Alemanha, 1996); Arte Brasileira Con-temporânea (Universidade de Grefswald, Alemanha, 1997); Aliança XXI (Sesc Pompéia, São Paulo, 1997); Organicus (CAVT, João Pessoa; MARP; Valu Oria, São Paulo, 1997); Vídeo/Terra (Espaço Cultural 508 Sul, Brasília, 1998);Encontro das águas (Parque Solon de Lucena, João Pessoa, 1998); Ausstel-lung der Dozenten 99(Freie Kunstschule, Berlim, 1999); BodenReform Ökoart & Multimedia (Atelierhof Werenzhain, Brandenburgo, 1999); 4ª Bienal Barro de América (Memorial da América Latina, São Paulo, 2001);Contemporáneos Brasileños (Centro Wifredo Lam, Havana/Cuba, 2002); O orgânico em colapso(Valu Oria Galeria de Arte, 2002).

fonte: [catálogos da artista]

Buscar outros artistas

Log in with your credentials

Forgot your details?